Barkindo explica as razões da crise do gás

Por: Abudo Omar
Data: 12/10/ 2021
Visualizações: 31


Mohammed Barkindo (sweetcrudereports)

O Secretário-Geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP, Sanusi Barkindo, explicou a razão por trás da crise actual que está a ocorrer nos países em desenvolvimento, inclusive na Nigéria.

Falando no Fórum de Inteligência de Energia, Barkindo explicou que a turbulência que se espalha nos mercados de gás natural mostra que a transição energética desestimula investimentos importantes no fornecimento de gás.

Segundo ele, o problema fundamental do sector de energia está na ‘histeria’ que tem dominado o pensamento sobre o afastamento dos combustíveis fósseis, encolhendo os tão necessários investimentos, mesmo nos países em desenvolvimento.

Ele afirmou que o manuseio incorrecto da transição energética estava a começar a ter um impacto negativo na indústria, observando que o processo poderia ser melhor conduzido do que está sendo feito actualmente.

“A transição energética não está sendo tratada de maneira adequada. E, portanto, estamos a começar a ver as consequências ”, disse Barkindo no evento.

Barkindo argumentou que a decisão do grupo na semana passada de aumentar gradualmente o fornecimento, como o acordo do ano passado para cortar a produção durante a pandemia, mostrou que está comprometido com um equilíbrio de mercado sustentável.

“Pedimos aos principais poluidores, os principais emissores, que façam uma pausa e trabalhem em soluções sustentáveis ​​quando se reunirem para a próxima rodada de negociações climáticas em Glasgow, no próximo mês,” comentou o timoneiro da OPEP.

Fonte: Sweet crude reports


Notícias Destacadas

Notícias Recentes