Petrofac contrata AHTS para auxiliar na desconexão do FPSO Northern Endeavor

Por: Abudo Omar
Data: 28/09/ 2022
Visualizações: 131


Navio Skandi Atlantic (oedigital)

A subsidiária da Akastor, DDW Offshore, ganhou um contrato de um ano com a Petrofac para o navio AHTS Skandi Atlantic.

O AHTS apoiará a desconexão do FPSO "Northern Endeavour" juntamente com trabalhos de reboque e isolamento de poços nos campos petrolíferos de Laminaria Corallina no Mar de Timor Ocidental. A data de início do contrato é 27 de Setembro de 2022.

O governo australiano no início deste ano concedeu à Petrofac, gigante de serviços petrolíferos listada em Londres, um contrato para a Fase 1 do descomissionamento do FPSO Northern Endeavor, offshore W. Australia.

O FPSO Northern Endeavor está actualmente ancorado entre os campos de petróleo de Laminaria e Corallina, cerca de 550 quilômetros a noroeste de Darwin, no Mar de Timor, e não está a produzindo petróleo.

Depois que o proprietário dos campos offshore, Northern Oil & Gas Australia (NOGA), entrou em liquidação em 2019, o governo ficou com a responsabilidade de remover o navio gigante flutuante de armazenamento e descarregamento de produção (FPSO) e restaurar os campos de petróleo Laminaria-Corallina no Mar de Timor.

Em Julho passado, o governo australiano divulgou um Pedido de Manifestação de Interesse (REOI) para os trabalhos da Fase 1 relacionados ao descomissionamento do FPSO, dizendo que o trabalho na Fase 1 deverá incluir a remoção do FPSO do campo de acordo com as boas práticas da indústria ; instalação de barreiras temporárias entre o reservatório e o meio ambiente; lavagem, limpeza e remoção de lama submarina e de superfície; fixação marítima para reboque; desconexão de risers; desconexão de amarrações e reboque oceânico para um local designado.

A Petrofac informou em Abril que o contrato da Fase 1, concedido pelo Departamento Federal de Indústria, Ciência, Energia e Recursos, tem valor potencial de até AUD$ 325 milhões.

Pelo contrato, a Petrofac é a Operadora Terceirizada responsável pelo descomissionamento e desconexão do FPSO dos seus equipamentos submarinos e pela suspensão temporária dos poços.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes